5 maneiras de recuperar a saúde do couro cabeludo

Junção de bons hábitos com tratamentos capilares específicos ajuda a ter mais saúde no couro cabeludo 
O couro cabeludo está suscetível a diversos problemas como alopecia (queda de cabelo), eflúvio telógeno e dermatite seborreica.
Para recuperar a saúde do couro cabeludo, inicialmente é importante que o paciente identifique qual o problema e adote bons hábitos somados a tratamentos capilares específicos.

Qual a importância de manter o couro cabeludo saudável?

Muitas pessoas dedicam toda a atenção ao cabelo, mas se esquecem de que a saúde capilar depende diretamente dos cuidados com o couro cabeludo.
Dessa forma, antes de saber como recuperar a saúde do couro cabeludo, é preciso saber porque ele é tão importante na sua rotina de cuidados e higienização.
Não é a haste capilar que detém a vida do cabelo, ainda que cuidados possam influenciar no brilho e maciez dela. A saúde do cabelo e crescimento deve-se ao folículo piloso.
Os folículos estão logo abaixo do couro cabeludo, de forma que problemas neles podem desencadear queda de cabelo, aumento da oleosidade, caspa, dermatite, entre outros.
Se o couro cabeludo não está saudável, não adianta direcionar esforços à haste capilar, sendo que o cabelo só voltará a ter saúde quando a raiz do cabelo receber a devida atenção.
Os folículos capilares são a parte viva do cabelo, portanto, precisam de nutrientes que sejam metabolizados e tornam o cabelo mais forte, bonito e saudável.

Como recuperar a saúde do couro cabeludo?

A partir dessa introdução fica mais fácil identificar quais cuidados devem ser adotados para recuperar a saúde do couro cabeludo. Conheça 5 deles a seguir!

1. Alimentação

Por mais que produtos tópicos possam ajudar na estética dos fios, a saúde capilar depende diretamente da alimentação, pois dela depende a disponibilidade de nutrientes que serão metabolizados para ajudar no crescimento e fortalecimento dos fios.
Dessa forma, se quer mais saúde capilar, a recomendação é investir em uma alimentação adequada, com alimentos que sejam ricos em nutrientes e vitaminas como:
  • proteínas;
  • ferro;
  • vitamina C;
  • ômega 3;
  • vitamina A;
  • zinco e selênio;
  • vitamina E;
  • biotina.
A indicação é sempre dar preferência para alimentos naturais como frutas, legumes, verduras, folhas verde-escuro, carnes magras e peixes.

2. Cuidados de higiene

A higienização capilar é essencial na saúde do couro cabeludo. Entre as recomendações está aplicar o shampoo no couro cabeludo, enquanto o condicionador deve ser usado no comprimento do cabelo.
Cabelos oleosos também demandam uma rotina mais frequente de limpeza, pois o excesso de oleosidade no couro cabeludo dificulta a transpiração nessa região e causa o entupimento dos poros, o que pode levar à caspa, dermatite e queda de cabelo.
A indicação é também lavar os fios quando praticar exercícios físicos, devido ao suor, quando expor-se à água salgada, areia, água de piscina, fumaça ou poluição.

3. Qualidade de vida

A qualidade de vida tem tudo a ver com saúde, incluindo a capilar. A manutenção de bons hábitos tem relação direta com cabelos mais saudáveis e fortalecidos. Entre as recomendações destacam-se:
  • realizar atividades físicas com frequência para auxiliar no metabolismo e renovação celular;
  • evitar situações estressantes que podem desencadear queda de cabelo;
  • dormir a quantidade adequada de horas, pois o sono tem grande influência nos processos metabólicos;
  • evitar hábitos ruins, como consumo de bebida alcoólica e tabaco;
  • buscar manter-se dentro do peso adequado.
Esses hábitos têm relação tanto com a manutenção de uma qualidade de vida elevada como também mais saúde.

4. Remédios

O uso de remédios de via tópica ou oral para recuperar a saúde do couro cabeludo deve ser prescrito por um especialista em cabelos após avaliar quais as causas do problema.
Por exemplo, a queda de cabelo pode ser causada por estresse ou alopecia androgenética. Assim, identificar a condição que resulta na queda é essencial para uma conduta mais apropriada.
O uso de shampoo com ativos como ácido salicílico, piritionato de zinco ou cetoconazol, por exemplo, pode ser indicado em caso de queda anormal, mas o cabelo apresenta uma queda normal diária que varia entre 100 e 150 fios.
Por tais razões, a recomendação clínica do tratamento medicamentoso é fundamental para recuperar a saúde do couro cabeludo.

5. LEDterapia

Uma opção moderna e tecnológica de cuidado com o couro cabeludo é a LEDterapia, tratamento que promove a fotobiomodulação e resulta na nutrição e saúde dos folículos pilosos prolongando o ciclo de vida dos fios e deixando-os fortalecidos. A LEDterapia é recomendada para casos como:
  • alopecia androgenética com menos de dois anos ou associada a medicamentos tópicos em caso de estar presente há mais de dois anos;
  • eflúvio telógeno, queda de cabelo difusa causada após emagrecimento, devido alterações hormonais ou estresse;
  • casos de dermatite seborreica devido à ação anti-inflamatória do LED;
  • em casos de queda de cabelo após quimioterapia.
A LEDterapia acelera o metabolismo no couro cabeludo, promovendo a renovação das células, melhora do uso de nutrientes, intensificação dos efeitos de medicamentos, entre outros.
A LEDterapia pode ser realizada em casa, com segurança e eficiência, por meio do Boné Capellux - equipamento que viabiliza a recuperação da saúde do couro cabeludo com rapidez e praticidade no ambiente residencial.

You May Also Like

0 comentários