Reconstruindo Amélia - Kimberly McCreight

07:00


Depois que li Lista Negra, descobri que gosto desse gênero de livro, mais focado nas neuras do universo juvenil, então, quando vi na Livraria Saraiva, em dezembro, o livro Reconstruindo Amélia, fiquei louca pra ler, porque o enredo é focado no "suicídio" de uma garota de 16 anos e nos fatos que antecederam sua morte.



Na história, conhecemos Katy e sua filha AméliaKaty teve a filha enquanto estava na faculdade e a criou sozinho. As duas sempre se deram bem e Katy sempre trabalhou duro para dar tudo do bom e do melhor para filha. Por causa disso, ela acabou sendo um pouco ausente na vida de Amélia, porém, as duas sempre se mantiveram unidas e muito próximas.

Amélia, nunca indagou verdadeiramente a mãe sobre seu nascimento, mas com a aproximação da vida adolescente e as novas amizades, ela passou a receber algumas mensagens indagando a sua origem e a curiosidade sobre o pai veio a tona poucos dias antes de sua morte, mas a mãe nunca soube ao certo o porquê, até Amélia vim a falecer.



O livro é incrível e te prende logo no inicio, porque a gente fica curioso para saber quem está perseguindo Amélia, se ela realmente cometeu suicídio e depois, quem está mandando as tais mensagens pra ela e depois pra Katy, mas além disso tudo, a gente ainda é convidado a desvendar o passado de Katy e descobri quem é o pai de Amélia. A surpresa é que nem a própria Katy tem certeza completamente sobre a paternidade de sua única filha.

E aí, quando a gente acha que o livro é simples e que tudo é só mais uma estória juvenil, vem a surpresa do desvendar de uma trama intensa e bem amarrada, onde somos convidados a partilhar os sentimentos vividos pelos personagens, a indignação diante dos pais das Maggies (uma especie de clube do qual Amélia estava secretamente fazendo parte e que foi expulsa pouco antes de morrer, passando a ser hostilizada pelas meninas), o posicionamento do colégio quanto ao bullying e ainda o momento "Gossip Girl", com o blog "GRaCioSamEnte", onde a vida de alunos e professores é exposta dia e noite.


Eu amei esse livro e definitivamente ele é se tornou um dos meus favoritos dos últimos tempos. Achei uma estória incrível e bem profunda, que realmente nos faz para e refletir sobre a relação que temos com nossos pais, pelo fato de por mais amiga que Amélia e a mãe fossem, elas tivessem alguns segredos entre elas, principalmente próximo da morte da menina.

Se vocês estão procurando um livro incrível de deixar qualquer um de boca aberta, leiam, porque vocês não vão se arrepender mesmo, mas o final não me deixou muito animada, porque esperava mais e aqui pra gente... Eu queria que o  porquê e como Amélia caiu do telhado, tivesse sido de um jeito mais forte, mas enfim... Mesmo assim eu gostei e recomendo.

Beijos,

Laly Oliveira

Post Relacionados

2 comentários