Como combater a caspa

É comum encontrarmos pessoas com o ombro ou a roupa com casquinhas brancas, e ao ver essa situação já damos o diagnóstico: caspa. E isso nada mais é do que uma pré-inflamação no couro cabeludo, que causa ruborização e descamações na área onde nascem os fios de cabelo. Quando a pele se solta é que começam a aparecer as incômodas crostas brancas na cabeça. Na maioria das vezes, a caspa é causada por um fator genético e a pessoa terá de conviver com o problema durante a vida inteira. Mas nem sempre os casos de caspa são irreversíveis - segundo um especialista em saúde capilar. 

A caspa acaba se tornando mais frequente no inverno por conta dos banhos quentes o que acaba estimulando a produção de sebo e piora a descamação do couro cabeludo. E além do banho quente, quando a temperatura está mais baixa é liberado menos suor pelo corpo, fazendo com que não haja uma limpeza na pele, inclusive no couro cabeludo. Aumentando assim a quantidade de óleo nos poros que podem causar inflamações.



Tratamento e Dicas:
  • Existe o tratamento com laser que combate a caspa por esquentar e evaporar as camadas de pele que ficam acumuladas na parte superficial do couro cabeludo, antes que elas se soltem. Mas, quando novas descamações ocorrem, é preciso voltar a fazer aplicações de laser;
  • Shampoos anticaspa também acabam sendo uma boa alternativa nesse combate. Eles costumam vir com um detergente mais forte, que limpa tanto as escamações que estão nos fios quanto as que se encontram no couro cabeludo. Porém, o efeito só dura um dia, e é preciso ter um cuidado constante com o cabelo;
  • É necessário também mudar a alimentação, existem alguns alimentos que são eficazes no combate a caspa. Os chás de hortelã, abacate e camomila, que contêm substâncias antiinflamatórias e antioxidantes, são bebidas que controlam a escamação da pele solta no cabelo. A soja e seus derivados e o broto de bambu também ajudam no controle da caspa pelo mesmo motivo;
  • Evite os alimentos ricos em gordura pois aumenta as chances de ocorrer uma inflamação. O melhor é manter o consumo controlado, principalmente por pessoas que têm predisposição à caspa
  • Evitar dormir com os cabelos molhados ou úmidos;
  • Evite situações estressantes;
  • Lave com mais frequência o cabelo, isso irá remover a oleosidade excessiva do couro cabeludo. O excesso de gordura favorece o desenvolvimento de fungos e o aparecimento da descamação. Se sentir necessidade lave diariamente;

Receita caseira:


Com uma alternativa simples, caseira e muito barata: o vinagre, que tem propriedades importantes e eficazes no combate às bactérias.

Encha a palma da mão com vinagre e e aplique no couro cabeludo. Massageie bem. Deixe agir por 1 minuto e em seguida enxágue em abundância. O ideal é que o vinagre seja aplicado à noite para não correr riscos de manchar o cabelo com os raios solares. O processo deve ser repetido por uma semana, diariamente.
Inclusive, passar vinagre nos fios ajuda também a dar brilho e selar as cutículas. 

Sugestão de produtos:


1. Shampoo Anticaspa Natura Plant - Com extrato de calêndula e piritionato de zinco, que combatem a caspa e aliviam a coceira do couro cabeludo, sem ressecar os fios. Deixa os fios macios e brilhantes R$14,80;
2. Shampoo Anticaspa Clear Suavidade e Brilho - Com ingredientes nutritivos, sua fórmula suaviza o couro cabeludo ressecado, agindo nos cabelos e deixando-os visivelmente mais saudáveis, hidratados e bonitos. o complexo vita abe nutre os cabelos desde o interior e suaviza o couro cabeludo;
3. Shampoo Anticaspa Acquaflora - Formulado com octopirox, ativo eficiente no combate à caspa R$ 16,90;
4. Shampoo anticaspa Head & Shoulders - Proporcionar uma solução especializada para um couro cabeludo saudável e um cabelo maravilhoso em 1 minuto. Combate os 5 sinais do ressecamento: caspa, coceira causada pela caspa, frizz, ressecamento e falta de brilho. Mantém seu couro cabeludo e cabelos hidratados por até 72 horas;
5.Shampoo Advance Techniques Anticaspa - Cabelo livre da caspa e 100% deslumbrante.

Não esqueça de procurar um dermatologista para que ele recomende o melhor tratamento para você!


Me encontre:



Fonte: Site Minha Vida - Tua Saúde

You May Also Like

24 comentários