Tudo o que você precisa saber sobre umectação capilar!


Ontem conversamos sobre o cronograma capilar (veja aqui) e vocês entenderam do que se trata, porque precisamos seguir uma rotina capilar e como elaborar o seu próprio cronograma, não é mesmo? Daí, para dá continuidade ao assunto, resolvi trazer hoje algumas informações importantes sobre a umectação capilar.

O que seria umectação capilar?

É quando você banha os seus fios com óleos, e deixa agir nos fios, com a finalidade de que os fios absorvam os benefícios que os óleos trazem. Lembre-se: devemos usar apenas os óleos vegetais. Você pode encontrar em lojas de produtos naturais, em farmácias... Observe sempre os benefícios que cada óleo apresenta no rótulo e use isso a seu favor.

A umectação é indicada em quais situações?

Você pode optar em fazer umectações quando sentir um excesso de porosidade, pontas extremamente ressecadas, cabelo sem vida, sem forma. Está seguindo corretamente o cronograma e quer dá um choque de nutrição aos seus fios.

Como devo fazer?

Seus cabelos devem estar limpos ou sujos (tem pessoas que preferem com os fios sujos e secos), daí você vai passar o óleo em toda a extensão do cabelo. Aguarde um período de mais ou menos 3h (tem pessoas que preferem passar à noite e dormir com o óleo nos fios). Em seguida lave com shampoo, finalize com a sua máscara e feche as cutículas com um condicionador. Se tiver a raiz oleosa evite passar o óleo diretamente na raiz, nesse caso utilize apenas no comprimento dos fios.
Na Índia a verdadeira umectação serve para massagear o couro cabeludo, sendo assim ele passará a absorver o óleo e ajudará a manter a oleosidade natural dos fios. Essa massagem também auxilia no crescimento dos cabelos, então se você está com dificuldades para que seu cabelo se desenvolva, pode fazer uma boa massagem durante a umectação.

Quais óleos posso usar?

  • Óleo de rícino: pode ser utilizado no couro cabeludo, auxilia no crescimento;
  • Óleo de coco: rico em ácidos graxos e vitamina e. Restaura a estrutura dos fios, proporciona equilíbrio aos fios danificados. É indicado para fios ressecados e combate o frizz;
  • Óleo de jojoba: para qualquer tipo de cabelo. Dá brilho, combate a caspa e a queda. Boa opção para quem tem o couro cabeludo oleoso;
  • Óleo de abacate: rico em vitaminas A e E. Inibe a formação de radicais livres, ajudando a diminuir os sinais do envelhecimento, garantindo assim hidratação e nutrição profunda aos fios;
  • Azeite de oliva extra virgem: tem propriedade emoliente, confere brilho e hidratação aos fios. 
 Qual a frequência de uso?

Isso vai depender do estado do seu cabelo, mas o ideal seria ao menos uma vez ao mês.

Me encontre:

E aí, gostaram do post? Qual seu óleo preferido para fazer a umectação?

You May Also Like

36 comentários