Cólica Menstrual

00:04


Olá meninas, boa noite *-* Hoje vim escrever um post especial falando sobre uma dorzinha incômoda para a maioria das mulheres. Eu sofro bastante desse mal, então gostaria de compartilhar algumas informações e dicas para vocês ;) Espero que seja útil!

“A dor é provocada pelo aumento de substâncias do útero chamadas prostaglandinas, que promovem as contrações uterinas que acompanham os ciclos menstruais normais”, explica a ginecologista Rosa Maria Neme.

Vou compartilhar algumas dicas importantes:

1. Descanse: “O simples ato de se deitar com a barriga para baixo, apoiada em um travesseiro, comprimindo-a, já ameniza as dores”, diz a fisioterapeuta Deborah Supino.

2Faça exercícios físicos: Atividades como alongamento, ioga, caminhar ou andar de bicicleta ajudam. “Feitos de forma regular e moderada, liberam endorfinas e amenizam as dores”, explica Deborah Supino. Siga esses exemplos: deite-se de costas, com joelhos dobrados, pés no chão e braços para trás. Ao mesmo tempo, levante os braços para a frente e estique as pernas para a posição sentada. Incline-se para a frente e tente alcançar os pés com os dedos das mãos. Retorne à posição normal. Outro exercício: fique em pé, de frente para a parede, a uma distância de 30 cm. Cruze os braços na altura dos ombros. Incline a barriga até que toque a parede. Permaneça nesta posição por um minuto, mantendo os calcanhares no chão e os joelhos retos. Retorne à posição inicial.

3Use a boa e velha bolsa de água quente: Coloque-a na região lombar e no abdômen. “O calor estimula a irrigação, relaxa a musculatura e ameniza o impacto das contrações do útero”, explica Deborah Supino.

4Abuse dos alimentos certos: Alimentos com cálcio (laticínios e vegetais escuros), magnésio (soja, banana, beterraba, aveia, tofu, couve e abobrinha) e gorduras poliinsaturadas (salmão, atum e castanha do Pará) podem te ajudar. “Eles são relaxantes musculares e têm poder anti-inflamatório natural”, orienta a médica ortomolecular Mariana Muniz, especialista em medicina anti-aging.
5Fuja dos alimentos errados:Esqueça os alimentos ricos em gorduras, pois favorecem uma maior produção de hormônios femininos. Evite ainda os embutidos e as bebidas com cafeína (café, chá preto e refrigerantes).
6. Evite situações estressantes:“Muitas pessoas com dores ficam mais irritadas e perdem a paciência. Para estes casos, recomendo os florais de Bach, que neutralizam a agressividade”, comenta a terapeuta holística Maria Aparecida das Neves. Os mais indicados são Rescue Remedy, Holly e Cherry Plum.

Bom então pessoal, sendo assim fica a dica para as meninas que passam por esse probleminha. Eu todo mês passo por isso, nunca me acostumo. Além de tudo isso que já passei para vocês, é muito importante procurar ajuda com um especialista. As vezes o uso de anticoncepcional pode resolver bastante, é um tratamento longo e que dá muito resultado. Eu fiquei durante um ano usando, só parei mesmo porque estava tendo muitas dores de cabeça (sofro de enxaqueca, e o uso contínuo da pílula pode piorar) e resolvi parar. Mas estou a procura de um método mais eficaz para as minhas dores mensais :D

Espero que vocês também encontrem *-*

Fonte: Site M de Mulher e Vila Mulher

Post Relacionados

2 comentários

  1. Eu tinha colicas absurdamente fortes( de ter ir carregada pro hospital). Minha ginecologista me indicou um anticoncepcional pra regular o ciclo( já que era meio bagunçado). O remedio que ela me indicou foi o Selene, que é otimo pra pele,acabou com as incomodadas crises de colicas e tpm's. Converse com sua médica, talvez isso ajude ( como ajudou a mim) a esquecer o que é colica....

    ResponderExcluir
  2. Ali menina, eu tenho cólicas absurdas também. Acredito que não é tão forte como a sua, mas me chateia muito. Já fiz tratamento durante um período com anticoncepcional, mas depois deixei de mão =/ Faz pouco tempo que retomei esse tratamento por causa do ovário policístico, daí vamos ver como vai ficar, não é?
    Muito obrigada pela dica! E pelo recadinho no blog, seja bem vinda *-*

    ResponderExcluir